Presidente Regional do PSD perde carteira em blitz da Lei Seca

Presidente regional do PSD, Antonio Pedro Índio da Costa teve a carteira de motorista apreendida nesta madrugada pela operação Lei Seca, no Rio. Ex-DEM, ele foi candidato a vice-presidente de José Serra (PSDB) na última eleição.

 
A apreensão da carteira foi decidida após Índio da Costa se recusar a fazer o teste de alcoolemia com o bafômetro.
 
A Hilux, que ele dirigia, foi parada pelos fiscais na Avenida General San Martin, esquina com Bartolomeu Mitre, no Leblon, zona sul do Rio.
 
Índio da Costa só foi liberado após a apresentação de um motorista habilitado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.