Presidente do PSOL presta solidariedade a Marinor Brito

O presidente estadual do PSOL da Paraíba, Fabiano Galdino, anunciou hoje que os dirigentes e filiados do partido no Estado estão solidários à ex-senadora do PSOL, Marinor Brito. “Estamos solidários com a nossa senadora  Marinor  porque ela a deixou a vaga  para dar vez ao senador Jader Barbalho”, disse o presidente estadual.

Fabiano ainda lamentou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, que dias atrás liberou o registro de candidatura do ex-deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA) – barrado pela Lei da Ficha Limpa nas eleições do ano passado -, possibilitando que o peemedebista assuma a cadeira que Marinor ocupa no Senado.

Segundo o presidente do PSOL, a Paraíba se soma às inúmeras manifestações de apoio e solidariedade a Marinor Brito, destacando as manifestações que estão ocorrendo na terra da ex-senadora. “No Pará, diversas entidades, políticos e amigos continuam enviando mensagens de apoio. Por todos os lugares que Marinor passa, nas redes sociais, com a sociedade valorizando o curto tempo de seu mandato, crescem a solidariedade”, comentou. “Em nome do PSOL paraibano, quero expressar o sentimento de frustração com a Justiça", disse.

Fabiano Galdino disse que a ex-senadora vai continuar atuante na política, podendo ser candidata a algum cargo em 2o12, no Pará. “Espero contar com ela em eventos de divulgação de nossas pré-candidaturas na Capital”, disse Fabiano Galdino, que é carteiro e pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, pelo PSOL.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.