Presidente do PRP explica destituição e promete esclarecer denúncia de Dinho

A presidente do diretório estadual do PRP, Maria Daluz Silva, informou que a dissolução dos diretórios e Comissões Provisórias do partido em 12 municípios paraibanos foi baseada no estatuto e sob a orientação da Comissão Executiva Nacional.

Já com relação às denuncias feita pelo ex-dirigente do diretório do município de João Pessoa, Valdir Dowsley (Dinho), Daluz disse que está tomando as medidas cabíveis e em momento oportuno irá fazer os devidos esclarecimentos, conforme orientação recebida pela direção nacional do PRP.

Ela ressaltou que os diretórios que foram dissolvidos descumpriram as diretrizes estabelecidas pelo diretório estadual, violando assim, o programa, as normas estatutárias e disciplina interna. Daluz acrescentou ainda, que os dirigentes desses diretórios também desrespeitaram a deliberação tomada por órgão superior do Partido, neste caso o Diretório Estadual.

A presidente alegou que o estatuto do PRP é muito claro com relação às faltas cometidas pelos diretórios dos municípios de Amparo, Conde, Guarabira, João Pessoa, Marcação, Massaranduba, Mataraca, Mogeiro, Santa Cecília, São João do Rio do Peixe e Soledade. Maria Daluz assegurou que nenhuma decisão foi tomada pela presidente do partido, mas pelo diretório estadual e sob orientação da direção nacional.

Assinaram a Resolução Regional todos os membros da Executiva Estadual, entre elas o 1º vice – presidente, vereador e presidente da Câmara Municipal de Campina, Nelson Gomes Filho; o secretário geral, ex-vereador Marinaldo Cardoso; 2º vice-presidente, prefeito do município de Camalaú, Aristeu Chaves e o vereador campinense, Joselito Germano.

A atual dirigente estadual do PRP ressaltou ainda que, a 17 anos é presidente do diretório municipal em Campina Grande e todas as suas contas foram aprovadas. Acrescentou que todas as decisões que tomou sempre foram baseadas no estatuto do partido e seguindo as orientações e deliberações da Executiva Nacional.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.