Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Presidente diz que Zé Rodrigues estrebucha e cria caso

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O presidente estadual do PHS, Júlio Cézar Viana, encaminhou ao Parlamentopb um pedido para responder às novas críticas direcionadas a ele pelo professor José Rodrigues Filho, que deixou o partido na semana passada com várias queixas em relação à condução partidária, cujo interesse seria o de alugar a sigla para servir a outros interesses.

Júlio rebate as acusações e acusa José Rodrigues de ser "criador de caso". Segundo o dirigente, o PHS é independente e foi graças à direção estadual que o partido resistiu às pressões que enfrentou para apoiar outros candidatos na eleição de 2008.

"Ele saiu do partido levando 10 companheiros. Nunca existiu grupo capitaneado por ele para não permitir interferência minha. Existiu, sim, a decisão do PHS de não permitir a interferência de outros partidos. A Regional era o anteparo das Municipais nesses assuntos e ele sabe das pressões que sofremos para que o PHS apoiasse outros candidatos em 2008. O partido não tem comprometimento político com ninguém e o professor sabe muito bem disso. A Regional coordenou todo o processo político no Estado e especialmente em João Pessoa e Campina Grande, cidades com mais de duzentos mil eleitores. Afora a participação no pleito municipal, que apesar do resultado, como já registrei, foi bom para o partido, durante o s dois anos que foi presidente da Municipal de João Pessoa, o professor não gerou um fato novo e fez sua última filiação dois anos atrás. Agora, injuriado por sua saída da direção municipal, quer se justificar perante a sociedade gerando factóides e criando discórdia".

O texto prossegue com mais uma alfinetada no professor: "Isso somente aumenta sua fama de criador de caso. Deixe o PHS em paz, professor. Se não ajudou o partido enquanto ainda era filiado, agora que está fora trate de rever seus conceitos para ser aceito em outra agremiação. Aqui, como no PDT e no PSB, o senhor não se deu bem. Quando perdeu o cargo por descumprimento tácito ao estatuto, achou-se no direito de denegrir a imagem do partido que lhe deu espaço e guarida", finalizou.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Antônio Neto preso

Mentor de golpe milionário, Antônio Neto vai para prisão domiciliar na Argentina

cartaxo12

Ainda internado, Luciano Cartaxo pode receber alta médica ainda hoje

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa