Presidente deposto diz que Nacional lhe garante permanência

Cláudia Carvalho

O presidente municipal do PTN de João Pessoa, Nicola Lomonaco, foi procurado hoje de manhã pela reportagem do Parlamentopb para comentar a destituição decretada ontem pelo presidente estadual de seu partido na instância municipal. Nicola declarou ter recebido a informação com surpresa, mas acrescentou que permanecerá na presidência, por determinação no presidente nacional do PTN, deputado federal José de Abreu.

"Conversei com ele e tive a garantia de que tudo continuará como está. Continuo presidente e o PTN se mantém na oposição ao prefeito Ricardo Coutinho. A decisão será comunicada hoje mesmo ao Tribunal Regional Eleitoral. Se o presidente estadual desobedecer, quem será deposto será ele", disse.

Segundo Nicola, a mudança de comando no partido, informada à imprensa ontem à noite, se deveu a uma negociação direta do prefeito Ricardo Coutinho com o presidente do PTN estadual, Fábio Medeiros: "A intenção era entregar o partido a uma pessoa da cozinha de Ricardo, o sindicalista Chico do Sintram", disse Lomonaco.

"Já é a segunda vez que o PTN de João Pessoa sofre esse tipo de golpe. O prefeito da Capital deveria estar preocupado em responder as acusações feitas pelo nosso partido, a exemplo da verba do FUNDEB que foi utilizada na obra da Estação Ciências, a denuncia do suposto mensalão e a contratação de cerca de 9.000 pessoas sem concurso público e não procurar cooptar único partido que faz oposição séria e fiscaliza os desmandos da administração", disse Nicola
 
Ainda de acordo com ele, a atitude do Presidente Estadual do PTN só denigre a imagem do partido, visto que, os últimos dirigentes estaduais só conseguiram colocar matérias do partido na imprensa quando gerando escândalos.

Ontem mesmo, a Direção Estadual do PTN protocolou junto ao TRE/PB um documento em que destituiu a antiga direção da legenda no Município de João Pessoa e nomeou uma nova direção do partido na capital, que passava a ser presidido pelo sindicalista Francisco de Assis Pereira.

De acordo com o Presidente do Diretório Estadual do PTN, Fábio Medeiros, a decisão de substituição da direção do PTN em João Pessoa, foi tomada em reunião estadual, após serem ouvidos os vários diretórios municipais da Paraíba, Vereadores e Prefeito, sendo unânime a decisão desta substituição, tendo em vista o tom destoante que a direção pessoense vinha adotando, em relação ao governo Ricardo Coutinho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.