Presidente da Codisma morre em decorrência de câncer

A Cooperativa Cultural Universitária da Paraíba (Codisma) lançou uma nota na manhã de hoje para noticiar o falecimento, na madrugada desta segunda-feira, 31, de Marcos Henrique Lima Botêlho, Presidente cooperativa. Marcos estava em tratamento de um câncer na região do fígado a cerca de cinco meses, e acabou não resistindo. O velório está acontecendo na Central de velórios São João Batista, e o sepultamento será realizado às 15 horas, no Cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro.

Marcos Henrique Lima Botêlho tinha 43 anos, era formado em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba, servidor federal da UFPB, lotado na Pró-Reitoria de Pós-Graduação, diretor da Cooperativa Cultural Universitária da Paraíba – CODISMA desde 1995 até os dias atuais, onde ocupava o cargo de Presidente. Foi diretor do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior da Paraíba (SINTESPB), até o ano passado (2008), foi diretor nacional da Coordenação Jurídica e Relações de Trabalho, da federação de sindicatos de trabalhadores em educação das universidades brasileiras (FASUBRA).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.