Presidente da Câmara quer conversar com Dinho sobre batida

O presidente da Câmara de João Pessoa, vereador Durval Ferreira (PP) evitou dizer se tomaria providências a respeito do vereador Dinho (PR), causador de um acidente de trânsito na noite de ontem na capital sob suspeita de dirigir embriagado. Durante entrevista ao Tambaú Debate da Nova Tambaú FM, Durval foi cauteloso e disse que não tinha certeza do que havia ocorrido:
 
– Soube do fato pela imprensa e as versões são completamente diferentes. Dinho não bateu o carro violentamente. Ele desceu, se comprometeu a pagar os custos e não causou ferimento ou dano grave. Só depois que eu conversar com o vereador é que poderei me pronunciar sobre este caso. Acredito que Dinho é um vereador responsável e competente. Não acho que ele teria feito nada errado. Mas, depois da conversa é que vou analisar que providência cabe ser tomada.
 
Dinho se manteve distante da imprensa, mas conversou com o Parlamentopb no início da tarde e negou que estivesse bêbado no momento do acidente, além de dizer que não foi solicitada a realização do teste do bafômetro. Ele admitiu, contudo, que estava distraído falando ao telefone quando bateu o veículo em outros dois que estavam parados, gerando ferimentos leves em uma mulher que estava próxima aos automóveis.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.