Presidente da Câmara devolve 93 servidores, mas nega chamar concursados

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira (PP), anunciou hoje que vai devolver 93 servidores lotados em outros órgãos e que estavam à disposição do legislativo municipal. Segundo Durval, estavam nesta situação 153 funcionários, dos quais apenas 60 continuarão:

"Esse pessoal estava à disposição dos gabinetes dos vereadores. Isso é comum em qualquer casa política, como a Assembleia Legislativa ou mesmo o Senado", disse ele, confirmando em seguida que recebeu uma notificação do Tribunal de Contas do Estado para chamar os aprovados no concurso realizado pela Casa à época da gestão de Severino Paiva, ao invés de convocar prestadores de serviço para exercer as funções disponibilizadas no processo seletivo.

Durval, contudo, afirmou que não vai convocar os concursados: "O concurso não tem mais validade. Ele não existe mais. Foram oferecidas 25 vagas e já foram chamados 35 aprovados", resumiu.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.