Presidente da Associação de Delegados diz que segurança é digna de pena

O presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia Civil da Paraíba disse hoje em entrevista à Rede Paraíba Sat que as condições de trabalho na segurança do Estado são dignas de pena. Segundo ele, o sistema é caótico: "Isso é fruto da falta de cuidado que os gestores tiveram por pelo menos duas décadas. As condições da segurança na Paraíba são dignas de pena. São risíveis. Não temos infraestrutura para trabalhar", disse Lameirão.

Para Cláudio, a autonomia financeira das polícias seria uma forma de ajudar a sanar o problema. Ele citou como exemplo da adversidade o fato de ter assumido a 2ª delegacia distrital, no Centro da capital, onde havia 300 inquéritos instalados. Atualmente, há 900 em curso: "Não posso garantir que eles serão concluídos porque o sistema é caótico, mas estamos trabalhando e dando abertura a esses procedimentos", disse.

Os delegados da Polícia Civil reivindicam a paridade salarial com os procuradores de Justiça. Eles aguardam até setembro por uma contraproposta do Governo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.