Presidente da Assembleia leva verba social para apreciação

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Arthur Cunha Lima (PSDB) revelou hoje que a decisão sobre a continuidade na concessão da verba social da Casa será dada no plenário, através do voto de cada um dos 36 parlamentares paraibanos. Ele voltou a enfatizar a ocorrência de equívocos na definição do objeto do benefício, cujo foco não era apenas o de contemplar pessoas carentes.

Segundo Arthur, funcionários do legislativo e até mesmo deputados foram contemplados com os repasses. No caso dos parlamentares, foram citados nominalmente os casos de Carlos Batinga e Márcio Roberto que submeteram a cirurgias cujo pagamento foi custeado pelo legislativo estadual.

As correções no âmbito da verba social já foram encaminhadas ao Tribunal de Contas do Estado para que sejam acrescentadas à lei que regula o benefício.

Arthur Cunha Lima declarou não ter sido o criador do mecanismo e disse que competirá aos deputados decidirem se quem manter a Verba Social, modifica-la ou extingui-la.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.