Presidente da Alemanha renuncia após polêmica sobre Afeganistão

O presidente da Alemanha, Horst Köhler, anunciou nesta segunda-feira sua renúncia, poucos dias após dar polêmicas declarações sobre o Afeganistão.

Segundo ele, o motivo da renúncia seriam as críticas às suas declarações sobre a ação militar e os interesses comerciais no país.

Eleito para um segundo mandato no ano passado, Köhler disse que a Alemanha "depende em grande parte do comércio internacional", e que ações militares seriam necessárias para atender aos interesses do país.

"Eu lamento que meus comentários tenham sido mal interpretados sobre uma questão importante e difícil para a nossa nação", disse ele a jornalistas sobre o conflito no Afeganistão.

Folha Online

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.