Presidente da ADUEPB protesta contra recadastramento de servidores

O presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (ADUEPB), professor José Cristovão de Andrade, está protestando contra a iniciativa do Governo do Estado da Paraíba de realizar um recadastramento funcional pela PBPREV, sob alegação de ser uma exigência do Ministério da Previdência.
Segundo Andrade, “em pleno final de mandato, o governador José Maranhão exigir um recadastramento em ordem regional é um martírio para os servidores se deslocarem para os municípios sede de tal obrigação, além das constantes denúncias da falta de estrutura pela empresa contratada. Isso é uma vergonha!”, protestou.

O professor representante dos docentes da Universidade Estadual da Paraíba, afirmou que “lamentamos esta atitude da PBPREV após um processo eleitoral, que para os servidores isso ressoa a um castigo eleitoral. O questionamento é porque isso agora e porque não pode ficar para o início do novo governo da Paraíba, Ricardo Coutinho. A PBPREV deveria repor urgente para os servidores o desconto indevido do 1/3 de férias e não deixar para o novo governo”.

Ressaltou que “como se trata de uma obrigação administrativa da diretoria da PBPREV e do Governo do Estado temos mesmo é que cumprir tais exigências, mais ficaremos fiscalizando e denunciando os atos de desrespeito ao Servidor do Estado”.

A ADUEPB ficará atenta ao processo e defenderá político e juridicamente todos os Associados da ADUEPB. Lamentamos a forma desrespeitosa que os servidores estão sendo tratados, principalmente os aposentados, EXIGIMOS RESPEITO! PRÁ QUE SERVE O RECADASTRAMENTO DO SERVIDOR PÚBLICO DA PARAÍBA PELA PBPREV EM FIM DE MANDATO?

“Lamentamos esta atitude da PBPREV após um processo eleitoral, que para os servidores isso ressoa a um castigo eleitoral. O questionamento é porque isso agora e porque não pode ficar para o início do novo governo da Paraíba, Ricardo Coutinho. A PBPREV deveria repor urgente para os servidores o desconto indevido do 1/3 de férias e não deixar para o novo governo” assinalou.

Ressaltou que “como se trata de uma obrigação administrativa da Diretoria da PBPREV e do Governo do Estado temos mesmo é que cumprir tais exigências, mais ficaremos fiscalizando e denunciando os atos de desrespeito ao Servidor do Estado”.

Anunciou que “a ADUEPB ficará atenta ao processo e defenderá político e juridicamente todos os associados da entidade. Lamentamos a forma desrespeitosa que os servidores estão sendo tratados, principalmente os aposentados, exigimos respeito!”

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.