Presidente confirma que Solidariedade pode ficar com Cartaxo e Ricardo

O presidente municipal do partido Solidariedade em João Pessoa, o vereador João Almeida (SDD), confirmou que a legenda continua mesmo na base do prefeito Luciano Cartaxo (PT) na Câmara Municipal de João Pessoa, e que na próxima reforma que houver na PMJP, uma secretaria deve ser dada ao novo partido. Além disso, ele afirmou que embora não seja confortável, o SDD poderá dar apoio não só a Cartaxo, mas também ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB).
 
“Continuamos na base do prefeito. O SDD é um partido novo e foi composto por quatro vereadores que já faziam parte da base e nada vai mudar. Avançamos nas conversas com o prefeito, a gente pleiteou mais espaço na prefeitura, o que Luciano Cartaxo acha altamente junto, mas acontece que já houve uma reforma há pouco tempo. Estamos no caminho certo, não há ‘faca no pescoço’ e o SDD não vai deixar de apoiar o prefeito ou apoiar em troca de cargos. A conversa está indo num víeis de o SDD participar sim efetivamente do governo, mas não vou dizer que será agora ou daqui a um mês”, afirmou.
 
Segundo destacou João Almeida, uma das razões para impedir o racha entre a legenda e o prefeito é o fato de haver diálogo entre os vereadores que compõem o SDD e a gestão petista. “O partido quando é ouvido já está de bom tamanho, mas se a gente não tivesse sendo ouvido ou recebido pelo prefeito, aí era outra história. Há sim um canal de diálogo aberto, bastante fluente e, enquanto presidente do municipal, adianto que estou satisfeito. Se houver uma mudança, uma reforma na PMJP, acredito que o partido passe a participar do governo”, declarou.
 
Já em relação à aproximação do SDD com o grupo do governador Ricardo Coutinho, o vereador João Almeida afirmou que as conversas estão sendo feitas através do presidente estadual da legenda, o deputado federal Benjamim Maranhão (SDD), que recebeu o aval da municipal para buscar as melhores conveniências para o partido no pleito de outubro.
 
“Apoiar Luciano Cartaxo e Ricardo Coutinho é uma possibilidade. Não é uma situação confortável, não é um modelo político interessante, mas a possibilidade é latente. Acontece que a nível estadual, nós enquanto base do prefeito, fizemos nossa parte para tentar trazer o partido para o lado do prefeito como um todo, mas até agora a gente esta nas conversações e diante disso a gente libera o partido a nível estadual para fazer coligações de acordo com a conveniência melhor para o partido”, disse.
 
Segundo ele, assim como em João Pessoa, caso se confirme o apoio ao socialista, o partido deverá passar a compor o governo, respondendo por alguma secretaria. “O deputado Benjamim enquanto presidente do Estadual conversou com o governador, como tem conversado com outras lideranças para definir o destino do partido. Cartaxo não é candidato a nada, nós somos da instância municipal, o pleito é estadual e federal, então não vejo problemas em se conversar com o Governador ou com outros partidos”, disse.
 
E continuou: “Sei que há de se entender que se for o caso de um apoiamento, o espaço dentro do governo haverá de acontecer. É uma coisa lógica, os gestores governam com partidos aliados e os partidos compõem ministérios, secretarias, diretorias, superintendências. Se for para ter o apoio do SDD estadual ao governador, haverá de ser ocupando uma secretaria”.
 
 
 
Correio da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.