Prefeitura vai injetar R$ 30 mi com quitação de três folhas

Apesar da divulgação de notícias dando conta de que um corte de recursos federais vai gerar problemas financeiros para Estados e Municípios, o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do RÊgo, assegurou nesta segunda-feira, 22, que não haverá qualquer problema quanto ao pagamento das folhas de novembro, dezembro e 13º. salário dos servidores municipais.

Por outro lado, o prefeito destacou que neste mês de novembro, além do pagamento mensal, os servidores terão um reajuste salarial de 4,31%, além de ser pago o retroativo da diferença da data-base da categoria, que aconteceu no último mês de maio. Serão beneficiados cerca de 4 mil servidores, que ganham acima do salário mínimo.

Como cada folha representa um montante de R$ 10 milhões, num prazo mínimo de trinta dias, a PMCG vai injetar na economia municipal recursos da ordem de R$ 30 milhões, possibilitando efeitos positivos no comércio local, gerando um notável aquecimento do setor neste período natalino. A PMCG possui cerca de 9 mil funcionários.

 “Em verdade, não existe em relação a Campina Grande qualquer ameaça quanto a pagamento de servidores. Todos receberão normalmente seus vencimentos, conforme se encontra estabelecido no calendário anual de pagamento, anunciado em janeiro”, garantiu.

Conforme estabelece o calendário, o pagamento de novembro acontecerá neste dia 30. O décimo terceiro será liberado no dia 20 de dezembro. O pagamento de dezembro está previsto para o dia 30 daquele mês, perfazendo a liberação de três folhas em apenas um mês.

 “O fato evidencia, ainda, o sucesso do nosso planejamento financeiro e o equilíbrio das finanças municipais. A economia da cidade vive uma ótima fase. Tanto isso é verdade, que desde janeiro, anunciamos o pagamento anual dos servidores, o qual vem sendo rigorosamente cumprido pela PMCG”.
 Pelo que relatou, poucas prefeituras do Brasil possuem um calendário anual de pagamento pré-definido, daí a sua convicção de que os servidores receberão o décimo terceiro no dia 20 de dezembro, numa medida que beneficiará cerca de nove mil servidores.

 Além da categoria, o comércio será grandemente beneficiado por conta do aquecimento econômico do mês de dezembro. A regularidade do pagamento, além de demonstrar o equilíbrio financeiro do município, tem sido um fator de grande atração para os investimentos comerciais e industriais na cidade. Isto porque todos elogiam o fato da cidade dispor de um calendário fixo e a certeza de que Campina Grande vive um expressivo período de estabilidade econômica.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.