Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Prefeitura Municipal inaugura Praça da Amizade

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um espaço para lazer, esporte, cultura e convivência. É baseada nesses quatro propósitos que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) inaugura no próximo domingo (17), as 17h,  a Praça da ‘Amizade’, no bairro do Rangel. O novo espaço público tem uma área total de 5.363 m² e fica localizado na esquina da avenida 2 de fevereiro com a rua Mourão Rangel, bem ao lado da igreja católica, que inclusive doou o terreno para a construção da praça.

O investimento realizado na obra foi de R$ 692.395,00 em recursos próprios. Os moradores vão desfrutar de toda infraestrutura composta de quadra de areia e poliesportiva, pista de skate, playgraund, mesas para jogos, área de ginástica e pista para caminhadas, além de um anfiteatro que homenageia a artista popular Vó Mera, que é coquista e cirandeira. O projeto inclui ainda rampas de acesso para deficientes físicos e idosos, como também paisagismo.

De acordo com dados da Secretaria de Infraestrutura  (Seinfra), esta é a quarta praça construída e entregue só este ano pela Prefeitura. Os bairros já contemplados foram Ipês (Praça Neuza Agra), Altiplano (Praça José Targino) e Gervásio Maia (Praça da Esperança).

Nome

O nome da praça do Rangel foi escolhido pela população de João Pessoa através de uma enquete popular realizada no mês de abril. As pessoas votaram pelo site da prefeitura e também no Centro de Referência da Cidadania (CRC) do próprio bairro. Havia quatro sugestões de nomes: Alegria, Cidadania, Futuro, Amizade ou Fraternidade. Outra praça que teve o nome escolhido pela população foi a Praça Esperança, localizada no Residencial Gervásio Maia.

Homenagem

Vó Mera é natural do município de Alagoinha-PB. Filha de agricultores, começou a trabalhar muito cedo na agricultura. Precisava ajudar a mãe a sustentar a casa e sua inclinação pelas várias manifestações da cultura popular se deu ainda na infância. Ela esperava ansiosa pela chegada das festas juninas para acompanhar com o ganzá na mão e a voz afinada uma tia sua que cantava coco-de-roda e ciranda nos eventos da fazenda onde trabalhavam.

O grupo de ciranda e coco-de-roda ‘Vó Mera e seus Netinhos’, assim batizado por José Emilson Ribeiro, chefe da Divisão de Cultura Popular da Funjope, foi fundado em 2003 pelos componentes Vó Mera (voz principal), Fernando Dylan (pandeiro e bumbo) e Jéferson Pereira (surdo). Posteriormente, Josenaldo Júnior (afoxé) e Clara Regina (ganzá) se integraram ao grupo. Antes da composição atual, Vó Mera era acompanhada apenas pelo pandeiro de seu neto Fernando Dylan.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa

acidentetransito (1)

Câmara de João Pessoa debate Maio Amarelo pela paz no trânsito

robertosantiago

Roberto Santiago: herança da avó e tios tirou a família do fundo do poço