Prefeitura de Marizópolis contesta CUT e nega atraso de salários

O prefeito de Marizópolis, José Vieira da Silva, negou que exista qualquer atraso no pagamento dos servidores municipais, contestando informação repassada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).
 
De acordo com o gestor, apesar da redução dos repasses financeiros, a gestão priorizou o funcionalismo público. “Pagar em dia é compromisso nosso”, frisou Vieira.
 
A declaração do prefeito se contrapõe à afirmação feita na imprensa pelo presidente da Federação dos Servidores Municipais da Paraíba, Francisco de Assis Pereira. Segundo ele, Marizópolis estaria incluída entre as cidades da micro-região de Sousa que estão com salários atrasados há um mês.
 
José Vieira não quis polemizar com sindicalista. Ele acredita que a declaração do dirigente foi um equívoco, pois não traduz a realidade dos servidores marizopolenses.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.