Prefeitura de João Pessoa vacina população em situação de rua contra Covid-19

A Prefeitura de João Pessoa deu início, na manhã deste sábado (15), dentro da campanha de vacinação contra a Covid-19, à imunização da população em situação de rua, que havia sido adiada devido à chuva intensa registrada na Capital durante dois dias. A ação aconteceu estrategicamente na Praça Vidal de Negreiros, conhecida como Ponto de Cem Réis, no Centro, onde se concentra um grande número de homens e mulheres que vivem na rua.

“Há dois dias estávamos com a estrutura especial preparada tanto para imunizar como para realizar testagem. Mas por conta da chuva, tivemos que aguardar. Hoje, Deus nos abençoou com esse lindo sol e estamos aqui para cumprir o que havíamos planejado”, afirmou Cícero Lucena. “Quero aproveitar para parabenizar também os assistentes sociais pelo dia de hoje. Estes importantes profissionais fazem a diferença com um trabalho indispensável nos mais diversos setores, inclusive na vacinação que estamos realizando”, disse o prefeito Cícero Lucena.

O vice-prefeito Leo Bezerra também destacou o empenho da gestão municipal em avançar com o plano nacional de imunização no combate à Covid-19 e que a estimativa é de que sejam vacinadas 1.500 pessoas em situação de rua. “Trouxemos um ônibus que vai andar a cidade hoje, amanhã e os dias que forem necessários pra fazer essa imunização da população para, se Deus permitir, acabarmos com essa pandemia na nossa cidade. É um avanço da Prefeitura, onde estamos fazendo esse cadastramento e também fazendo testes. Através desse cadastro, as secretarias também vão conseguir buscar essas pessoas e tirar elas das ruas”, ressaltou.

A coordenadora das equipes do Consultório na Rua, Luana Alves, informa que a ação se dá com as equipes do programa, que são da Atenção Básica e já fazem acompanhamento da população de rua diariamente na cidade, em parceria com a equipe da Vigilância de Saúde.

“Hoje iniciamos a vacinação no Ponto de Cem Réis, mas vamos nos deslocar para os locais de permanência dessas pessoas, que já fazemos atendimento in loco e que já temos mapeados. Além dessas pessoas, serão vacinadas as que estão nas casas de acolhimento da Prefeitura e, se precisar, continuaremos por outros dias”, afirmou.

Luana Alves ressalta ainda que alguns têm medo de tomar a vacina por conta de alguns mitos, mas a equipe também faz o trabalho de sensibilização, falando sobre a importância da imunização para prevenir a doença. “A gente está muito feliz com esse momento, por essa população, que é extremamente vulnerável e está dentro do grupo de prioridade nacional. Hoje estamos podendo concretizar esse momento tão especial”, completou.

Outros grupos

Neste sábado, a Prefeitura também deu prosseguimento à campanha de imunização contra a Covid-19 para as pessoas com mais de 18 anos de idade com comorbidades ou que sejam trabalhadores da saúde (primeira dose), além da segunda dose para quem se imunizou até o dia 16 de abril com vacina Coronavac. A vacinação aconteceu em cinco ginásios e um drive thru montado no Unipê.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.