Prefeitura de Igaracy sacrifica mais de 30 cães retirados das ruas

A Prefeitura de Igaracy, no Sertão paraibano, sacrificou cerca de 31 cães na noite desta terça-feira (6). A morte dos animais foi confirmada pelo Secretaria de Saúde da cidade que justificou a ação afirmando que os animais estavam abandonados nas ruas e apresentavam sinais de leishmania e outras doenças, o que poderia gerar riscos a saúde da população.

O secretário de Saúde da cidade, José Carlos Maia, que informou ser médico veterinário e quem sacrificou os animais por meio de eutanásia, disse que a prefeitura não tinha outra destinação para os cães e por isso optou pelo secrifício.

“A gente estava com uma grande quantidade de animais, todos com quadro de doenças em processo terminal, alta infestação de parasitas, e tinha que tomar uma medida de capturar e sacrificar porque a gente não tinha para onde levar”, disse o secretário em entrevista.

Segundo ele, foram feitas análises clínicas nos animais antes deles serem sacrificados. os cães foram sacrificados no mesmo dia em que foram retirados das ruas e, segundo a Secretaria de Saúde, foram aplicados medicamentos nos animais, que teriam morrido sem sofrimento.

O caso veio à tona após denúncias de moradores, nas redes sociais, condenando a morte dos animais.

6 comentários

  • Fatima Pimentel
    12:10

    Nada será feito contra os que tomaram essa decisão??? Cadê a Polícia Ambiental do estado? Absurdo, revoltante… Monstros!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Alany Bezerra
    12:10

    Absurdo! Não é possível que saiam impune de tamanha crueldade, vamos nos movimentar e cobrar pra que algo seja feito. Luto por essas vidas indefesas.

  • Rosa Daurte Varjão
    12:10

    Um crime. Gestões descompromissadas com a vida. Incapaz de produzir algo que mude esta cultura imediatista que querer resolver questões como esta praticando crime contra indefesos. Ineficiência das esferas de poder que não saem da Paraíba para conhecer experiências que estão sendo colocadas por este Brasil afora. É muito fácil usar da maldade e do poder e legislar para o indefeso. Gestores sem perfil e vontade para inovar pelo zelo e proteção devem ser tirados da seara política. Incompetência! As eleições estão chegando e é preciso depurar gestores ineficientes.

  • Rosario Montenegro
    12:10

    Qye seja aberto um processo criminal e que o prefeito e o secretário de saude que mandaram matar os animais sejam presos. Agora tem pena de morte para o animal que esta na rua?Cade a policia ambiental.Qual foi o crime qye os animais cometeram? Nao ter uma casa para morar?

  • Wilma
    12:10

    Indignação, triste e cruel. Como um secretário da saúde tem o total poder de agir de maneira absurda. Barbárie, Precisamos que se faca justiça, onde vamos com tamanha crueldade!!!

    Justiça! Justiça! Justiça!!!

  • Mayara Raissa
    12:10

    Não podemos deixar impune, cadê o governador da Paraíba Luciano Cartaxo? ah esqueci, ele não liga para nada da causa animal. Agora lindo para o nosso Estado sendo noticiado em todos os lugares com um absurdo desse. Se for nessa linha de raciocínio quantas pessoas “moribundas” seriam mortas a pauladas pq o governo não cumpre com suas obrigações?
    Assistência animal também é competência e obrigação do Estado, devem promover soluções que gerem bem estar aos animais e a população e jamais sair matando.
    Nosso Estado esta levando as piores criticas que podem imaginar e não vi até agora nenhum pronunciamento dos poderes públicos para fazer justiça.

Comentários