Prefeitura de Campina Grande pede 20 respiradores ao Ministério da Saúde

A Prefeitura de Campina Grande formalizou, na última terca-feira, 2, um pedido ao Ministério da Saúde de 20 respiradores para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Município. O ofício ao ministro Eduardo Pazzuelo foi assinado pelo secretário Filipe Reul, da Saúde Municipal.

No documento, Filipe Reul traçou um panorama em relação às limitações do sistema de Saúde de Campina Grande para fazer frente à uma demanda crescente, sobre o crescimento de casos de Covid-19, envolvendo uma população estimada de 1,2 milhão de pessoas. Trata-se do núcleo populacional da 2ª Macrorregião da Paraíba, que diz respeito à Campina e outros 69 municípios.

Filipe Reul também registrou que, apesar dessa importância territorial de assistência à população, Campina Grande – que construiu em tempo recorde um hospital de campanha com 42 leitos – o Governo do Estado da Paraíba não destinou nenhum equipamento respirador ao município, “mesmo sabendo da nossa necessidade”.

Nesse sentido, pontuou Reul no ofício ao ministro da Saúde, a aquisição dos respiradores é essencial para o combate à doença em Campina Grande, diante das grandes chances de alargar gradativamente em poucos dias, tendo em vista que a Prefeitura pretende criar mais 20 novos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), para atender toda demanda da população residente e referenciada.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.