Prefeitura cobra documentos e diz que servidor fantasma não existe

Até o final da tarde de hoje, a secretaria de Administração da Prefeitura de João Pessoa não havia encontrado em seus arquivos a existência de um servidor com o nome de Antônio Alencar Diniz Filho, como denunciou pela manhã o vereador João Almeida (PMDB). Segundo o parlamentar, Antônio teria descoberto uma suposta contratação fantasma nos quadros da administração municipal quando decidiu entrar na Justiça com um pedido de benefício em relação a seu cargo na estrutura do Governo do Estado, onde, de fato, dá expediente.

Em sua denúncia formulada na Câmara Municipal, João cobrou explicações da Prefeitura e afirmou que Antônio não assinou sua nomeação e nunca recebeu salário, desconhecendo completamente a forma pela qual teria sido inserido na folha da Prefeitura.

À tarde, depois de procurada pelo Parlamentopb, a secretaria de Comunicação informou que foi feita uma varredura no cadastro de pessoal desde o ano de 2005 e nenhum Antônio Alencar Diniz Filho foi encontrado seja nas secretárias do Governo Municipal ou em autarquias, como a Emlur. A prefeitura aguarda a apresentação de provas por parte do vereador para continuar as buscas pelo "servidor fantasma".

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.