Prefeitos afirmam que Governo Maranhão marca reabertura do diálogo

Prefeitos do Curimataú e do Vale do Paraíba disseram que o retorno de José Maranhão (PMDB) ao governo do Estado marca a retomada do diálogo entre Estado e os gestores e a volta dos investimentos aos municípios. Para o prefeito de Solânea, Francisco de Assis de Melo (PMDB), mais conhecido por "Dr. Chiquinho", o município só teve a ganhar com o retorno de Maranhão. “Nós temos muito a ganhar com esse novo governo, que está mostrando agora a sua cara”, complementou. Dr. Chiquinho disse esperar que, agora, as ações realmente cheguem para que Solânea possa avançar.

Evaldo Costa Gomes (PSB), prefeito de Barra de Santa Rosa, também foi unânime em afirmar que o governador tem, sim, aberto o diálogo e que os investimentos estão chegando ao município. “A maneira de José Maranhão governar e o respeito dele por Barra de Santa Rosa melhorou o relacionamento”. Ele citou benefícios recebidos através do Departamento de Estradas e Rodagens e da Secretaria de Saúde do Estado. “A população agradece”, ressaltou Evaldo.

Já Eleonora Diniz (PMDB), prefeita de Damião, não mediu palavras ao dizer que o município passou seis anos sem governo estadual e que todas as obras foram realizadas após o retorno de Maranhão ao Palácio da Redenção. “Temos asfalto, escolas, água. Tudo pelas mãos do governador”. Ela garantiu que a gestão anterior não levou nenhuma obra ao município e que assinou diversos convênios, com o governo do Estado, nos últimos sete meses.

O prefeito de Mogeiro, Antônio Ferreira (PRP), disse que a relação com o governo Maranhão é de fidelidade, se comparado com o governo Cássio Cunha Lima. O discurso é seguido pelo colega prefeito de Salgado de São Félix, Adaurio Almeida (Democratas), mais conhecido por "Dr. Adaurio". “José Maranhão é o governador do povo. O homem das obras. Nada melhor que isso para caracterizar a mudança que se tem no governo”. Dr. Adaurio disse sentir que os investimentos e as obras estão chegando aos municípios.

José Alves Feitosa (PMN), o "Zé Belo" de Juarez Távora, disse que o governador está no caminho certo e espera ter uma nova oportunidade para avançar nas conversas relacionadas a obras para o município, mas que o diálogo está, sim, melhor com o governador.

“A gente tem espaço suficiente para levar todas as nossas reivindicações”. Assim resumiu Gilseppe de Oliveira Sousa (PMDB), prefeito de Aroeiras, o diálogo com o governo estadual. Ele disse ainda ter consciência de que é impossível para o governo atender a tudo que as Prefeituras querem. “Mas, estando aberto a fazer parcerias, unindo os três governos (municipal, estadual e federal), vamos conseguir realizar tudo o que desejamos como assim disse o governador”, afirmou.

"Zepe" informou que Maranhão não tem se negado a receber os prefeitos, sejam aliados ou de oposição. “Um exemplo disso é que tem colegas nossos vizinhos de Aroeiras já foram recebidos, embora não tenham aderido, e beneficiados com convênios. Com isso, está demonstrado que ele (Maranhão) trabalha pela Paraíba e, não, por uma corrente política”, concluiu.

O secretário executivo de Interiorização do Estado, Assis Costa, informou que a determinação do governador José Maranhão é de que o relacionamento com os prefeitos, independente de cor partidária, seja o melhor possível. “Nós temos recebido indistintamente tanto prefeitos aliados, quanto de outros partidos e não aliados, orientado e convidado para debates, encontros com os secretários e seminários”, informou.

Assis Costa citou como exemplo a 11ª reunião estratégica, realizada recentemente, para discutir a Lei Orçamentária Anual para 2010 e o Plano Plurianual (PPA). “Convidamos 39 prefeitos, independentemente de partido, para apresentarem suas idéias, sugestões e projetos para o orçamento 2010 e o PPA 2010-2015”, informou. Ele garantiu que o governo tem procurado identificar os problemas mais urgentes dos municípios, especialmente nas áreas de segurança, abastecimento de água e estradas e que são realizados relatórios para serem encaminhados diretamente às secretarias.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.