Prefeito se reúne com Sintab e pede estudo sobre impactos financeiros

O prefeito Romero Rodrigues  esteve reunido com a diretoria do Sintab na tarde desta sexta-feira,22, na sede da STTP. Com cerca de duas horas de duração,  o encontro focou principalmente questões salariais da educação e da saúde , além de pontos relacionados às condições de trabalho dos servidores responsáveis pelo serviço de limpeza publica.

O prefeito determinou ao secretario de Administração, Paulo Roberto Diniz, que também participou da reunião, um estudo do impacto financeiro para atender as reivindicações do Sindicato. "O dialogo é importante. Agora se for possível dar sim vamos dar, se não for vamos explicar os motivos.", esclareceu Romero.
 
Com menos de dois meses de governo, esse foi o segundo encontro do prefeito com a diretoria do sindicato. De acordo com o secretario chefe do Gabinete, Tovar Correia Lima, essa media de um encontro por mês com os representantes dos servidores expressa uma característica do prefeito. "Esse e o tom que ele aprendeu no Legislativo. Nunca se fez omisso em nenhum debate e  permanece com o mesmo perfil.", assegurou.
 
Tovar , que participou da reunião, lembrou que o governo teve como primeiro desafio quitar débitos deixados pela gestão passada com a folha de pagamento  dos servidores e que vem honrando esses pagamentos, tendo pago nesta sexta, 22, a segunda parcela de três. "Depois de arcar com esses débitos, Romero avança no dialogo para garantir melhorias aos servidores", afirmou.
 
Na pauta, foram discutidos 12 pontos, entre eles falta de professores, pagamento de hora-extra para quem cumpriu jornada adicional em janeiro, adequação e implantação do plano de cargos da educação e ampliação da jornada de trabalho dos professores de 25 para 30 horas semanais.
 
Também estavam na pauta o PCCR da saúde, o calendário de pagamento, plano de cargos para os demais  servidores e o reajuste para os servidores que ganham acima do piso. " A gente espera que as coisas sejam resolvidas ou pelo menos os problemas diminuam, porque o servidor vem de uma gestão ruim com Veneziano", disse o presidente do Sintab, Napoleão Maracajá.
 
Ficou agendado para próxima semana uma nova reunião para apresentação dos estudos sobre o impacto. "Todos os pontos foram debatidos. Não tem outra forma de resolver que não seja  pelo diálogo. Nós  estamos construindo a data base e em plena negociação. Vamos ter levantamento do impacto e tentar encontrar a solução", avaliou Napoleão.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.