Prefeito de Sousa quer organizar nova paralisação contra queda de FPM

O prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PTB) quer ampliar o movimento das prefeituras do alto sertão da Paraíba em protesto contra as freqüentes reduções nos recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) encaminhados pelo Governo Federal. 

O departamento de comunicação do município confirmou que o prefeito pretende manter contato os municípios da região de Sousa, para fortalecer o movimento também registrado na região de Cajazeiras, através da AMASP (Associação dos Municípios do Alto Piranhas).

Tyrone deverá manter contato com o prefeito da cidade de Cajazeiras, Léo Abreu (PSB) e os prefeitos da região de Sousa, incluindo as cidades de Aparecida, Santa Cruz, Lastro, Vieirópolis, Marizópolis, Nazarezinho e São José da Lagoa Tapada para definir a data em que todas as prefeituras da região fecharão por um dia as suas portas em virtude da crise financeira.

Na previsão feita pela secretaria de finanças através dos dados repassados pelo Banco do Brasil, a prefeitura de Sousa deverá registrar como repasse na próxima segunda-feira, recursos da ordem de R$ 62.669,83, o que confirma tendência de queda nos recursos desde o início do ano o que gerou prejuízos de R$ 880.000,00 para o município, que mesmo com as dificuldades vem mantendo a folha dos servidores em dia.

A secretaria de finanças da prefeitura de Sousa aguarda a confirmação do repasse referente ao dia 20 de setembro para a próxima segunda-feira, com o objetivo de levantar recursos de outros setores para complementar o pagamento do duodécimo da Câmara Municipal da ordem de R$ 178.000,00, destinado ao pagamento de servidores e vereadores do legislativo.

Nas cidades da região de Sousa, a situação é mais complicada ainda, registrando extrema dificuldade por parte dos prefeitos para cumprirem com o pagamento da folha dos servidores e o repasse para as câmaras municipais. 

Segundo previsão feita pelo site do Banco do Brasil as prefeituras de Aparecida, Marizópolis e São José da Lagoa Tapada, deverão receber em seus cofres a quantia de R$ 19.339,53 cada. Já as demais cidades ficarão com volume de recursos na faixa de quinze mil reais. O Município de Santa Cruz deverá receber o aporte de R$ 15.667,48, Lastro – R$ 15.667,48, São Francisco -R$ 15.667,48, R$ Vieirópolis – R$15.667,48 e   Nazarezinho – R$ 15.405,78.

Portal Progresso

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.