Prefeito de Santa Cecília discute parceria política com Maranhão

“O primeiro passo para uma adesão”. Foi o que afirmou o prefeito de Santa Cecília, Roberto Pessoa (PSDB), após se reunir com o governador José Maranhão (PMDB) hoje. “Nós temos assuntos de interesse do município a serem tratados e foi nossa primeira conversa. A adesão virá com o tempo”, garantiu.

Ele destacou o tratamento que Maranhão vem dispensando aos prefeitos de todo o Estado. E complementou: “Da minha parte só tenho a dizer que ele foi aberto, me recebeu muito bem. Estou saindo do encontro satisfeito por ter conversado com o governador”.

A construção da adutora de Natuba a Santa Cecília foi um dos pontos administrados discutidos entre o prefeito e José Maranhão. “Ele (governador) falou que já existe um projeto encaminhado para o início das obras e estamos aguardando”.

Sobre os prefeitos buscarem uma parceria com o governador, independente de estarem em lados partidários opostos, Roberto Pessoa defendeu o diálogo e o entendimento entre municípios e Estado. “Esse é o melhor caminho, para a gente poder crescer junto com a população”, arrematou o gestor.

Para o presidente estadual do PMDB, Antônio Sousa, que participou do encontro, essas adesões fortalecem o governo. “Independente de adesão, o governo tem que investir em todas as cidades e quando há parceria com os prefeitos, facilita os investimentos para os municípios e facilita também as ações do governo”, afirmou o dirigente partidário.

Perguntado se essas adesões seriam um reconhecimento ao trabalho empreendido pelo governador, não só nesses oito meses, mas em três mandatos anteriores, Antônio Sousa afirmou que sim. “O governador tem um desiderato que é o de investir em todos os municípios da Paraíba porque os recursos têm de chegar às comunidades que necessitam independente de cor partidária”

E mais: “Agora, quando os prefeitos se antecipam, eles vêem as dificuldades que têm o município e já trazem para o governador suas prioridades. Quando eles trazem projeto, o governador encaminha para as secretarias e os benefícios chegam mais rápido às comunidades”. Para o presidente estadual do PMDB, as adesões recebidas não são apenas partidárias, mas parcerias administrativas.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.