Prefeito de Pitimbu anuncia pagamento de salários

O prefeito de Pitimbu, Leonardo Barbalho (PSD), está anunciando o pagamento dos salários dos servidores públicos do município, referentes a este mês de janeiro, para os dias 25 e 26 que vêm (sexta-feira e sábado), cumprindo, dessa forma, com o principal compromisso assumido, em campanha eleitoral, perante o funcionalismo municipal.
 
Ele já programou, para os primeiros dias da semana que entra, a realização de reunião em que irá tratar outras questões de interesse do funcionalismo, com a representação sindical do setor, já adiantando que será exatamente na base do diálogo com essas lideranças que a Prefeitura dará solução ao problema dos salários atrasados de algumas categorias de servidores – ou de quase todos eles -, como ‘herança maldita’ deixada pela gestão imediatamente anterior.
 
Na mesma ocasião, o prefeito Leonardo Barbalho também tratará de outros assuntos de interesse do próprio Sindicato representativo dos servidores, a exemplo do não repasse das contribuições associativas a que a entidade tem direito, e que – segundo ele – vinham sendo religiosamente consignadas na folha de pagamento da Prefeitura.
 
Já a secretária da Administração do município, Ercilene Azevedo, informa já haver concluído o Censo Municipal do Servidor, com o fim de regularizar a prestação dos serviços públicos à população, e adianta que poucos deles deixaram de responder ao questionário do recadastramento, por motivos que ainda estão sendo detidamente avaliados.
 
Segundo ela, os servidores que não se justificarem por que não o fizeram, no tempo regular, sofrerão as conseqüências elencadas nas normas estabelecidas no Censo. A retenção de salários, por exemplo, será a conseqüência imediata. “Mas não é este o nosso desejo, muito menos do prefeito Leonardo, que tem insistido, perante todos nós, auxiliares e servidores, na política do respeito mútuo e do diálogo”, pondera a secretária.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.