Prefeito de Curral de Cima denuncia ataque de primo: “Podia ter acontecido o pior”

O prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro, denunciou que foi ameaçado novamente pelo primo, o agricultor Pedro José dos Santos, mais conhecido por Pedrinho, de 20 anos, durante festa da padroeira da Fazenda Santa Terezinha. Os primeiros relatos são de que o agricultor estava armado com uma faca peixeira e que teria avançado em direção ao prefeito após agredi-lo verbalmente.

Também conforme informações preliminares, Pedrinho foi preso após ser rendido por seguranças e desarmado. Esta é a segunda vez que o prefeito denuncia ter sido ameaçado pelo primo e a motivação, segundo Totó Ribeiro, é política, uma vez que o suspeito integra o grupo de oposição na cidade.

Veja também

Prefeito de Curral de Cima é acusado de agressão contra agricultor; veja B.O.

Prefeito de Curral de Cima diz que primo fez ameaças de morte e de difamação nas redes sociais

“A minha sorte foi que o prefeito de Lagoa de Dentro, o amigo Fabiano Pedro, viu que o agricultor estava armado e me avisou para que eu alertasse os seguranças. Se não fosse isso, acredito que podia ter acontecido o pior. Eu lamento essas agressões apenas pelo fato de estarmos fazendo um bom governo na cidade, cuidando das pessoas e garantindo o desenvolvimento do município”, disse o gestor.

Logo após a confusão, a polícia foi acionada e o suspeito foi detido em flagrante. Na delegacia, testemunhas ainda contaram que o agricultor Pedro José ficou perseguindo o prefeito durante a festa antes de se aproximar para tentar agredi-lo.

Totó Ribeiro disse que lamenta o fato e teme pela sua vida e da sua família diante das ameaças constantes que ele diz partirem de Pedro José dos Santos. “É muito difícil ter que conviver com ameaças constantes. Mesmo assim, não vamos nos intimidar diante dessa situação. Acredito nas autoridades policiais e na Justiça. O trabalho pelo crescimento da cidade e o cuidado.”

Comentários