Prefeito de Campina Grande rompe com vice e deve exonerar aliados dos Ribeiro

A movimentação repentina com a troca de comando do PSB da Paraíba acabou repercutindo tanto que causou um racha entre o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD) e o vice, Lucas Ribeiro (PP). É que Bruno ficou ao lado do ex-prefeito Romero Rodrigues que perdeu a direção estadual para a senadora Daniella Ribeiro na última terça-feira, 29. Ao chegar ao evento em que Romero se filiou ao PSC, Bruno declarou que a relação de confiança foi quebrada pelo que chamou de “hostilidade” ao ex-prefeito.

“Precisamos reconhecer que houve um ato de hostilidade, sobretudo a Romero. O princípio da confiança foi quebrado. Em qualquer gestão precisa haver uma relação de confiança. Vamos ter que rediscutir essas posições. Não vou metrificar o Diário Oficial com base nisso, mas para compor qualquer Governo precisa haver relação de confiança”, resumiu Bruno.

Apesar disso, Bruno acrescentou que sua prioridade no momento é proceder o desligamento dos auxiliares que pretendem disputar cargos eletivos em outubro. Depois, ele passará a exonerar os aliados da família Ribeiro. Atualmente, pelo menos duas secretarias – Obras e Desenvolvimento Econômico – foram indicadas pelos Ribeiro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.