Prefeito da capital afirma que visita de Lula foi várias vezes impedida

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), assinou hoje de manhã, no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, a Ordem de Serviço para a construção da Central de Comercialização de Agricultura Familiar (Cecaf), na Capital. Em entrevista à imprensa, o socialista tratou, ainda, de outro tema, a visita à Paraíba do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que acontece no próximo dia 28.

Ricardo disse que deve participar da agenda de Lula em Campina Grande e criticou as disputas políticas que teriam impedido outras visitas do presidente ao Estado: "Eu lamento que ele, por outras razões que não dependem dele, deixou muitas vezes de vir à Paraíba. Disputa política tem limites. Lamento que ele tenha demorado tanto e até tenha se sentido impedido de estar na Paraíba por causa de mesquinharia política. Estou ao lado de Lula desde o tempo das vacas magras. Agora, é muito fácil se acostar à popularidade do presidente", comentou Ricardo.

A obra – O projeto da Central de Comercialização de Agricultura Familiar é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de João Pessoa e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), através da Secretaria do Desenvolvimento Territorial (SDT) e os Colegiados e Fóruns de Desenvolvimento Rural sustentável do Estado.

O objetivo do projeto é promover a autonomia e a apropriação de renda real dos agricultores e agricultoras familiares quanto à comercialização de seus produtos, isto é, oferecer condições de escoamento da produção sem a presença do intermediário. A Cecaf será edificada numa área pertencente ao Município, com 6 mil metros quadrados, situada na Avenida Hilton Souto Maior, Cidade dos Colibris. O investimentos na obra é na ordem de R$ 1.920.000 (um milhão novecentos e vinte mil reais).

Para enfrentar o desafio de melhorar a qualidade de vida de quem mora no meio rural, o Governo Federal lançou, em 2008, o Programa Territórios da Cidadania. O território é formado por um conjunto de municípios com mesma característica econômica e ambiental; identidade e coesão social, cultural e geográfica. Para o desenvolvimento dessa estratégia, a integração de ações entre Governo Federal, Estados e Municípios é fundamental.

Na Paraíba, são sete territórios: Borborema, Curimataú, Cariri Ocidental, Cariri Oriental, Zona da Mata Norte, Zona da Mata Sul – no qual João Pessoa está inserida – e Médio Sertão, totalizando 118 municípios.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.