Prefeita de Uiraúna tem mandato cassado por compra de votos

A prefeita de Uiraúna, Glória Geane (PSDB), teve seu mandato cassado por decisão do juiz Rossini Amorim Bastos, da comarca de São João do Rio do Peixe. Ele acatou a acusação feita contra a gestora por captação ilícita de sufrágio e abuso do poder econômico. Pela sentença do magistrado, deve assumir a prefeitura o médico Paulo Artur Almeida Bastos, segundo colocado nas eleições de 2008.

O advogado Johnson Abrantes, representante jurídico de Paulo Artur, informou que o médico estaria pronto para ser empossado no cargo e para tanto estaria se dirigindo ao cartório eleitoral de Uiraúna hoje à tarde. Mesmo assim, a defesa entende ser possível a concessão de uma liminar que mantenha na função a prefeita cassada, já que há uma praxe nestes casos, quando o recurso do gestor é encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.