PPS define propostas para reforma política nesta segunda

O PPS define hoje as propostas que o partido vai apresentar nas comissões especiais na Câmara dos Deputados e do Senado Federal que vão debater a reforma política. O encontro acontece a partir das 15 horas, no hotel San Marco, em Brasília, com a presença dos membros da Executiva Nacional da legenda e integrantes da bancada federal.

O ex-presidente da República e atual senador pelo PPS, Itamar Franco (MG), o presidente nacional do partido, deputado federal Roberto Freire (SP), o líder da bancada na Câmara, deputado federal Rubens Bueno (PR), e o ex-deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Recife, Raul Jungmann (PE), são algumas das presenças confirmadas para o evento.

Parlamentarismo e fim da reeleição

Entre as proposta que já vêm sendo debatidas internamente no partido há anos estão o financiamento público de campanha, a lista fechada, o voto distrital misto e a adoção do parlamentarismo no Brasil. Outra discussão que conta com a simpatia da legenda é o fim da reeleição, assunto que foi abordado no Senado por Itamar Franco.

A questão do fim ou não das coligações nas eleições proporcionais e a posse de suplentes, assunto que movimenta o meio político em virtude de recentes decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), também estarão na pauta do encontro.

O resultado do debate balizará a atuação do PPS nas duas comissões formadas no Congresso Nacional para debater a reforma política. No Senado, Itamar Franco (MG) é o porta voz do partido nessa questão e, na Câmara, quem representará o PPS nas discussões é o deputado federal Sandro Alex (PR).

Como resume o líder do partido da Câmara, Rubens Bueno, a reforma política é a "mãe de todas as reformas". “Sem ela como é que nós vamos saber o tamanho do Estado, como teremos ideias para efetivamente contribuir para arejar a política nesse novo momento que vive o país? A cada eleição, a cada ano, nós estamos vendo os escândalos explodirem, a política cada vez mais custosa. E pessoas preparadas, qualificadas, com ideologia e pensamento positivo sobre o país, não disputam eleições porque não têm nem recursos para concorrer, tamanha a barganha que hoje se faz com as verbas públicas. Essa reforma tem que sair”, defende Bueno.

SERVIÇO

O que: Reunião da Bancada Federal do PPS com a Executiva Nacional do Pardito

Quando: Segunda-feira, 14/02, às 15 horas

Onde: Hotel San Marco, em Brasília

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.