PP rompe aliança com Ricardo Coutinho e deve anunciar coligação com PTB

Foi confirmada há pouco a decisão tomada pelo PP paraibano de romper a aliança com o PSB de Ricardo Coutinho. Em reuniões mantidas durante todo o dia de hoje no apartamento do deputado estadual Aguinaldo Ribeiro a deliberação ainda inclui a formação de uma composição com o PTB de Armando Abílio para a disputa proporcional. Em tese, ambos os partidos vão retirar seus apoios para o Governo e seguir, informalmente, na base de José Maranhão (PMDB).

Ainda não havia certeza a respeito da manutenção da candidatura avulsa de Ney Suassuna (PP) ao Senado, mistério que só deve ser revelado no momento da apresentação do pedido de registro junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Pela manhã, o coordenador da campanha do governador José Maranhão, advogado Marcelo Weick, chegou a oferecer ao PP paraibano a indicação do segundo suplente de Wilson Santiago. O ex-deputado Enivaldo Ribeiro não quis aceitar. A proposta foi estendida ao presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Durval Ferreira, que também teria recusado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.