Posse de Nadja na AL e de Leonardo no Governo acontecem semana que vem

A suplente de deputada Nadja Palitot (PSB) se disse surpresa com a possibilidade de assumir o mandato na vaga deixada por Leonardo Gadelha (PSB) que foi confirmado como secretário de Infraestrutura do Estado em nomeação publicada hoje no Diário Oficial. Ela acredita que pode retornar à Casa de Epitácio Pessoa na semana que vem, quando está programada a posse de Leonardo no cargo. Para Nadja, a ação em que pede desfiliação do PSB por justa causa pode agora tomar um novo rumo, já que anteriormente ela não teve sucesso porque o Tribunal Regional Eleitoral entendeu que, como suplente, ela não era parte legítima no processo.

Já Leonardo afirmou que vai tentar dialogar com o PSB para evitar uma crise por causa de sua ida ao Governo. Ciente do veto que houve a seu colega, Guilherme Almeida, e que é extensivo a todos os deputados, ele adianta que deverá sair do partido por causa de sua nova missa na Infraestrutura: "Se eu não for mais do PSB, não haverá porque o partido reclamar de minha ida ao Governo". O parlamentar afirmou que não há certeza em uma eventual punição com a perda de mandato por infidelidade partidária: "Nem o processo é célere, porque terei que me defender, nem o PSB tem garantia de ganhar o processo. Vamos responder por isso", declarou.

Na tarde de hoje, o PSB deve anunciar que medidas serão tomadas em relação ao deputado estadual Leonardo Gadelha que descumpre uma resolução aprovada sobre a proibição de deputados da sigla assumirem cargos no Governo do Estado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.