Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Políticos furam fila de diplomatas de carreira e assumem embaixadas importantes

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O trajeto para conseguir um posto importante como representante do Brasil no exterior pelas vias convencionais é longo e difícil. Além de passar no Concurso de Admissão à Carreira Diplomática e de trabalhar duro durante décadas, para assumir uma embaixada de prestígio é necessário também ter se destacado, e muito, como diplomata. Entretanto, políticos sem nenhuma ligação com o Itamaraty e com pouca vocação diplomática aparente conseguem furar a fila e assumir embaixadas como Roma, Lisboa e Havana sem nenhum esforço.

Aconteceu, por exemplo, com o ex-presidente da República Itamar Franco. Itamar, que já havia sido embaixador do Brasil em Lisboa na década de 90, assumiu a representação brasileira em Roma em 2003, no início do governo Lula. O posto é um dos mais cobiçados pelos diplomatas de carreira, mas não agradou o ex-presidente. Apesar de morar em um dos mais grandiosos prédios de Roma, o Palazzo Doria Pamphili, Itamar se sentia deprimido. Segundo reportagem da revista Istoé, por não falar italiano, Itamar não se reunia com empresários e autoridades do país. Em 2005, com saudade das montanhas de Minas, ele pediu exoneração. Hoje, Itamar é vice-presidente do PPS (Partido Popular Socialista).

Antes de Itamar, a Embaixada em Roma era comandada por Andrea Matarazzo. Indicado por Fernando Henrique Cardoso, ele também furou a fila dos diplomatas. Após deixar o posto, Matarazzo teve cargos na administração municipal de São Paulo, sendo subprefeito da Sé e secretário de Coordenação das Subprefeituras. Hoje, o embaixador na representação brasileira na Itália é José Viegas Filho, diplomata de carreira que entrou no Itamaraty pelo Insitituto Rio Branco em 1964, e já foi embaixador em Madri (Espanha), Moscou (Rússia) e Copenhague (Dinamarca).

O ex-petista Tilden Santiago também furou a fila dos diplomatas. Após não conseguir se eleger senador por Minas Gerais, foi escolhido embaixador em Havana durante o primeiro mandato de Lula. De volta ao Brasil, aceitou um cargo numa estatal mineira sob o governo Aécio e teve que deixar o PT.

O ex-deputado Paes de Andrade (PMDB-CE) também ocupou uma vaga sem precisar fazer concurso e carreira de diplomata. Indicado como embaixador do Brasil em Portugal em 2003, ficou no cargo até o início de 2007, quando, por divergências com o ministro Celso Amorim, foi substituído.

Usado, muitas vezes, para colocar políticos que perderam eleições em algum posto, o procedimento é amparado pela lei que regula o Serviço Exterior Brasileiro. Diz o parágrafo único do artigo 41 da Lei 11.440, de 2006: "Excepcionalmente, poderá ser designado para exercer a função de Chefe de Missão Diplomática Permanente brasileiro nato, não pertencente aos quadros do Ministério das Relações Exteriores, maior de 35 (trinta e cinco) anos, de reconhecido mérito e com relevantes serviços prestados ao país."

 

R7

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

IMG-20240618-WA0138

Procon-JP encontra variações de até 246,43% nos preços das bebidas em supermercados

o-cantor-nattan-anuncia-a-estreia-do-evento-desman-1695331973

São João 2024 de Patos abre com show de Nattan nesta quarta

e4370692-55ce-4115-947a-1e584ab1b927

Semob-JP realiza esquema de trânsito e transporte durante São João da capital

65612db5-e6db-4224-b601-9d47282b0927

Aeroporto de Campina Grande terá casais quadrilheiros e trios de forró

WhatsApp Image 2024-06-19 at 17.17.41

Polícia Federal da Paraíba investiga circulação de cédulas falsas em Bayeux

ffraz_abr_20180922_1659

Vacinação contra Poliomielite é prorrogada em João Pessoa

Sedes_entrega-milho-04

Prefeitura de João Pessoa realiza entrega de milho verde para famílias em vulnerabilidade social

atlas

Paraíba é o estado com a terceira menor taxa de homicídios do Nordeste

https__img.migalhas.com.br__SL__gf_base__SL__empresas__SL__MIGA__SL__imagens__SL__2024__SL__06__SL__10__SL__08d945a5-c46d-4e3e-a3d0-b535cc2f010c.jpg._PROC_CP65

Município de Cabedelo deve pagar indenização a criança esquecida em ônibus escolar

elba

São João de João Pessoa traz Elba Ramalho na noite de abertura