Polícia prende suspeito de integrar rede internacional de pedofilia em Campina

 

Após dois meses de investigações, a Polícia Civil da Paraíba concluiu as investigações e prendeu um homem suspeito de atuar numa rede internacional de exploração sexual de crianças e adolescentes.

O caso ocorreu na cidade de Campina Grande, a 240 quilômetros de João Pessoa.

O homem, que teve a identidade preservada pela Polícia Civil, já se encontra preso.

Segundo a delegada Alba Abrantes, da Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes contra a Infância e Juventude de Campina Grande, a investigação começou em dezembro do ano passado.

Na ocasião, a Polícia Civil recebeu denúncia da Polícia Federal, na qual uma ONG americana havia detectado a ação de criminosos que compartilhavam fotos e vídeos de crianças sendo abusadas.

A Policia Civil deflagrou duas fases da Operação “Infância Protegia”.

Na primeira fase, foram realizadas buscas na casa do suspeito. No local foram localizados vários conteúdos pornográfico ilegais. O material foi apreendido e encaminhado a perícias.

Na segunda fase da operação, a Polícia comprovou a existência da rede de pedofilia e pediu a prisão preventiva do suspeito.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.