Polícia diz que mulher flagrada durante ofensas é alvo de inquéritos sobre racismo e injúria racial

A Polícia Civil informou ao ParlamentoPB que a mulher que foi flagrada gritando ofensas de cunho racista é alvo de dois inquéritos, sendo um sobre racismo e outra sobre injúria racial. Os casos aconteceram em João Pessoa. Um deles, na terça-feira (13), em uma agência bancária, na Avenida Ruy Carneiro.

O segundo caso, que tem características de crime de racismo, ocorreu em uma loja de roupas. Nas duas situações, a mulher demonstrou que não gosta de ficar perto e de falar com pessoas de pele negra, associando-as a ladrões.

Saiba mais

Mulher acusada de injúria racial aparece em novo vídeo assumindo racismo

A Polícia Civil disse ao ParlamentoPB, nessa sexta-feira (16), que a confusão de terça-feira já foi comunicada à Justiça e ao Ministério Público da Paraíba. “A Polícia Civil informa, ainda, que apenas após instaurar o primeiro procedimento é que tomou conhecimento de um vídeo em que a investigada pratica suposto crime de racismo. Com relação a isso, será instaurado um inquérito para apurar a possível prática desse segundo delito.”

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.