Polícia começa a enviar reforço para as cidades nesta quarta-feira

A Operação Voto Seguro começa a ser intensificada nesta quarta-feira (1º), quando as tropas da Polícia Militar serão enviadas para reforçar a segurança nas 223 cidades paraibanas. A corporação mobiliza, nesta eleição, um reforço de 4.561 policiais que vão realizar a guarda de urnas, policiamento próximo aos locais de votação e ações para inibir crimes eleitorais.
 
De acordo com o coordenador de planejamento da Polícia Militar, tenente-coronel Montgomery Silva, a PM está pronta para garantir a segurança nas eleições. “Tivemos um planejamento que começou, desde o início do ano, coletando dados e ouvindo várias pessoas envolvidas no pleito, a exemplo de juízes e promotores, que nos trouxeram pontos a serem ajustados. Atendemos essas necessidades e, a partir desta quarta-feira, começaremos a enviar os policiais para as cidades, com o objetivo de manter a tranquilidade neste momento tão importante para a democracia do país”, destacou.
 
O embarque das tropas será realizado no Centro de Educação da instituição, em Mangabeira, começando pelos militares que vão atuar no Sertão do Estado e na região de Monteiro. Na quinta-feira, também haverá embarque dos policiais que vão trabalhar na Região de Campina Grande e nas cidades do Litoral Norte e Sul paraibano. Na sexta-feira, todo efetivo estará presente nas cidades, quando começa a instalação das urnas nos locais de votação.
 
A PM também vai atuar nos três Centros de Comando e Controle, locais onde ficarão reunidos profissionais de vários órgãos, para monitorar a instalação das urnas na sexta-feira e sábado e corrigir possíveis problemas de forma imediata. No domingo, dia da votação, o Centro funcionará das 7h até o término da apuração dos votos. As estruturas serão montadas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos.
 
Mesmo com o reforço por causa do pleito, o policiamento nas ruas continua, já que o efetivo empregado para a eleição foi mobilizado dos setores administrativos, diretorias e plantões extraordinários. A Polícia Militar vai atuar com todos os policiais durante o período.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.