Polícia Civil prende mulher condenada a 17 anos de prisão em Campina Grande

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande – DRE/CG, prendeu na noite desta terça-feira, 30, uma mulher de 32 anos condenada a mais de 17 anos de prisão em regime fechado, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

“A sentença foi decorrente de investigações realizadas nesta DRE/CG e a presa, que possui vasta ficha criminal, é companheira e investigada por estar associada para práticas ilícitas a um dos líderes do tráfico de drogas na zona leste de Campina Grande e cidades vizinhas”, como Esperança, Remígio e Areia, destacou o delegado Ramirez São Pedro.

O companheiro dela apontado como o responsável por planejar sua fuga quando de uma consulta médica no bairro da Prata, fato que culminou com a morte de um vigilante no ano de 2018, além de ser citado em uma tentativa frustrada de fuga da Penitenciária PB1, onde se encontra preso atualmente.

“A mulher estava foragida desde outubro de 2019, e foi presa escondida em uma residência no bairro do Ligeiro. Agora será encaminhada à Penitenciária Feminina de Campina Grande, para o cumprimento da pena imposta”, concluiu Ramirez São Pedro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.