Polícia Civil localiza segundo suspeito de matar adolescente Thainá

A Polícia Civil localizou na tarde desta segunda-feira (20) mais um suspeito de matar a adolescente Thainá Diniz Martins, de 15 anos. Esta é a segunda prisão, realizada em sete dias, de pessoas investigadas por envolvimento no crime, registrado na cidade de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa. No último dia 13, a polícia já havia prendido o homem que namorava a garota, quando aconteceu o delito.

Thainá desapareceu no dia 22 de abril deste ano, após sair de casa contra a vontade dos pais, para se encontrar com o então namorado.  O corpo dela só foi localizado três dias depois, com sinais de disparos de arma de fogo e flutuando em uma área de mangue, em Cabedelo.

O suspeito localizado nesta segunda-feira (20) pela Polícia Civil possui 21 anos de idade e possui antecedentes criminais e já se encontrava recolhido em uma unidade do Sistema Prisional, pela prática de outros delitos.

O homem teve decretada nova ordem de prisão preventiva pela Vara Mista de Cabedelo, após as investigações encontrarem indícios da participação dele na morte da adolescente.

A ação foi realizada pelo Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada da Delegacia Seccional de Cabedelo. Segundo o delegado Diego Garcia, as investigações apontaram que a garota foi atraída pelo namorado para uma emboscada.

“O namorado descobriu mensagens no celular da vítima, conversando com um integrante de uma facção rival e a  levou para o local onde ela foi morta. Ele participou da execução juntamente com outros homens”, afirmou o delegado.

Apesar das duas prisões, as investigações irão continuar. A Polícia Civil destaca que as pessoas que tiverem informações sobre o caso podem fazer as denúncias de forma anônima e sigilosa pelo número 197.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.