PMN e PCB tem contas desaprovadas pelo TRE da Paraíba

A Corte Eleitoral, sob a relatoria da juíza federal Cristina Maria Costa Garcez, desaprovou, de forma unânime, as contas do Diretório Estadual do Partido da Mobilização Nacional – PMN/PB, referentes ao exercício financeiro de 2007, em virtude da constatação de falhas e omissões comprometendo a confiabilidade das informações.

Os demonstrativos apresentados pelo partido não indicavam gastos indispensáveis à manutenção e funcionamento do partido; e do Diretório Estadual do Partido Comunista Brasileiro – PCB/PB, exercício financeiro de 2007, por deixar de apresentar vários documentos, dentre eles: relação de contas bancárias abertas e seus respectivos extratos, documento fiscal, declaração de habilitação profissional do contador.

Sob a relatoria do juiz Renan de Vasconcelos Neves foram desaprovadas, por unanimidade, as contas do candidato Deczon Farias da Cunha, ao cargo de deputado estadual pelo Partido  Socialista Brasileiro – PSB/PB, nas eleições 2006, por não apresentar documento comprobatório de abertura de conta especifica.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.