PMDB indica Vital para presidir CPI da Petrobras

O líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), indicou Vital do Rêgo (PMDB-PB) para comandar a CPI da Petrobras a ser instalada no Senado. Ele também informou à imprensa na tarde desta terça-feira (6) que o Bloco da Maioria vai contar com os senadores Ciro Nogueira (PP-PI), João Alberto (PMDB-MA) e Valdir Raupp (PMDB-RO).
 
— O presidente do Senado pediu aos lideres para que indicasse seus nomes. Cabe ao PMDB a primeira escolha, que poderia ser pela relatoria ou presidência. Optei por escolher a presidência. Vital participou de uma CPI no ano passado e já aceitou — disse Eunício, referindo-se à comissão de inquérito que investigou as relações do bicheiro Carlos Cachoeiras com políticos e empresários.
 
Se instalada apenas no Senado, a CPI terá a participação de 13 senadores. Mas ainda há um impasse sobre a possibilidade de criação de uma comissão mista, com a participação de deputados, conforme reivindica parlamentares oposicionistas.
 
Ao ser indagado sobre a posição do PMDB a esse respeito, Eunício disse que o partido não tem preferência:
 
— O que existe de fato é uma determinação judicial da ministra Rosa Weber [do Supremo Tribunal Federal] para se instalar uma CPI no Senado. A CPMI será assunto tratado na próxima reunião do Congresso Nacional, marcada para amanhã à noite. Por enquanto não há decisão em relação a isso — afirmou o líder.
 
 
 
Agência Senado

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.