PF diz que Chico Rodrigues tinha R$ 15 mil entre as nádegas

Segundo informações prestadas pela Polícia Federal ao ministro Luís Roberto Barroso, o senador Chico Rodrigues tinha um total de R$ 15 mil entre as nádegas. O ministro determinou o afastamento do senador por 90 dias, mas o Senado precisa aprovar a decisão.

Havia ainda outros R$ 17,9 mil na cueca do senador, que ele entregou, “com bastante raiva” depois que os agentes da PF que cumpriram o mandado de busca e apreensão perguntaram pela terceira vez se ele tinha mais dinheiro nas roupas.

De acordo com a representação da PF, o delegado Wedson Cajé desconfiou que Chico Rodrigues tivesse dinheiro escondido na cueca depois de ter visto “um grande volume, em formato retangular”, na parte traseira da roupa do senador:

“O Delegado Wedson percebeu que havia um grande volume, em formato retangular, na parte traseira das vestes do Senador CHICO RODRIGUES, que utilizava um short azul (tipo pijama) e uma camisa amarela.

Considerando o volume e seu formato, o Delegado Wedson suspeitou estar o Senador escondendo valores ou mesmo algum aparelho celular. Ao ser perguntado sobre o que havia em suas vestes, o Senador CHICO RODRIGUES ficou bastante assustado e disse que não havia nada.

Ante a fundamentada suspeita, já que o volume destoava completamente do pijama utilizado pelo Senador e a informação que não havia nada consigo, o Delegado WEDSON decidiu fazer uma busca pessoal no Senador, a qual foi filmada por policiais federais, que executavam a diligência. A orientação para filmagem foi feita visando demonstrar, com exatidão, a forma como o Senador estaria buscando ocultar itens em suas vestes pessoais, mesmo após a apresentação do mandado de busca e apreensão expedido pelo Supremo Tribunal Federal”.

 

O Antagonista

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.