PF cumpre mandados na Paraíba contra fraudes no Auxílio Emergencial

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira, 18, operação para combater fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial. Cerca de 10 policiais se engajaram para o cumprimento de mandados na Paraíba (um em Campina Grande e outro em João Pessoa). Há ainda ação da PF na Bahia, Tocantins e Minas Gerais, onde se concentra a maioria das buscas. Ao todo, foram expedidos 66 mandados de busca e apreensão de documentos em todo o país, sendo 39 em cidades mineiras. Só na capital mineira são quatro alvos desta investigação. Policias cumprem mandados, também, em várias cidades da Região Metropolitana como Betim, Contagem, Lagoa Santa, Sabará, Ribeirão das Neves e Nova Lima.

A suspeita é que criminosos usavam recursos do auxílio emergencial, de pessoas que não tinham solicitado a ajuda, e usavam os valores para o pagamento de boletos. A ação busca provas da atuação de fraudadores. A investigação começou a partir de reclamações feitas na Caixa e o cruzamento de dados com o núcleo de inteligência da PF.

Os suspeitos podem responder pelos crimes de furto qualificado mediante fraude, estelionato, constituição de organização criminosa e lavagem de dinheiro. A ação da PF de hoje conta com a participação do Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Cidadania (MCid), a Caixa Econômica Federal, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (CGU).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.