PF apreende R$ 470 mil em uma caixa de papelão no Acre

A Polícia Federal apreendeu nesta quarta-feira R$ 472 mil em notas que estavam sendo transportadas em um carro em Rio Branco (AC). Um homem acabou preso.

Segundo a polícia, o dinheiro seria utilizado na campanha eleitoral por um candidato a deputado federal que é sócio de uma emissora de rádio.

Mas os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

A apreensão foi feita após uma denúncia anônima encaminhada ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

As notas estavam em uma caixa de papelão. Todo o dinheiro foi depositado em uma conta na Caixa Econômica Federal por determinação da Justiça.

De acordo com a PF, o preso disse que o dinheiro seria doado para uma empresa de rádio. Falou ainda que o valor foi "acumulado ao longo de quatro anos" e havia sido arrecadado com a atividade comercial de um estabelecimento no Amazonas.

Segundo o juiz eleitoral Romário Divino, o caso será tratado com sigilo, porque ainda está na fase de inquérito. Pode ter havido crimes de abuso de poder econômico, corrupção eleitoral e doação financeira não declarada à Justiça Eleitoral.

"A Polícia Federal ainda está realizando a investigação do caso para comprovar a ligação do dinheiro com o candidato", disse o juiz.

 

Folha Online

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.