Petistas se reúnem amanhã para definir cargos federais

Lideranças do PT se reúnem amanhã, no Hotel Verde Green, em João Pessoa, para definir a distribuição de cargos federais na Paraíba. A informação é do deputado diplomado Anísio Maia. Segundo Anísio, cada deputado do partido – estadual e federal-irá indicar um nome. Ele assegurou ainda que os entendimentos estão em fase avançada e a principal movimentação dos partidários será em direção ao consenso, para consolidar a união petista na Paraíba.

De acordo com o deputado Anísio Maia, os três petistas eleitos para a Assembleia Legislativa e o deputado Luiz Couto, reeleito para a Câmara Federal, indicarão nomes que ocuparão cargos de órgãos federais sediados na Paraíba. “O que estamos priorizando é que o partido permaneça unido. O PT não pode partir para outra divisão, como a que passou no período de eleições”, considerou Anísio.

Anísio Maia afastou-se da Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura na Paraíba (SFPA-PB) para concorrer ao pleito eleitoral do ano passado. Conforme declarou o ex-superintendente, ficou estabelecido entre os partidários que o próximo superintendente da SFPA no estado será indicado por ele. Atualmente, Gonzaga Júnior está à frente da SFPA.

Luciano Cartaxo vai indicar o superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). “Provavelmente o atual dirigente da CBTU, Lucélio Cartaxo, permaneça no cargo”, informou Anísio.

Para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Anísio Maia declarou que o deputado Frei Anastácio, que presidiu o órgão até o ano passado, iria sugerir o sucessor.

Por outro lado, Frei Anástácio, vice-presidente da sigla na Paraíba, garantiu que qualquer discussão sobre a distribuição de cargos deve ser pautada na instância partidária. E lembrou ainda: “Não é porque eu estive em um cargo que tenho o direito de decidir quem me substituirá. Qualquer filiado pode apresentar nomes para ocupar um cargo público e a decisão será tomada em reunião executiva, convocada pelos dirigentes”.

Convite recusado – A ministra da Secretaria Especial de Política de Mulheres, Irany Lopes, convidou a ex-secretária de Desenvolvimento Humano da Paraíba, Giucélia Figueiredo (PT), para participar da equipe técnica do ministério, em Brasília. Giucélia viajou a Brasília, na semana passada, para conversar pessoalmente com a ministra. Ela retornou ontem a João Pessoa.

Disse que não poderia aceitar o convite por dois motivos: pretende se candidatar a prefeita da cidade de Bayeux, em 2012, e não seria interessante, neste momento, trocar a Paraíba por Brasília. “Fiquei profundamente envaidecida pelo convite e fui a Brasília agradecer à companheira Inary Lopes e explicar os motivos pelos quais não aceitei”, disse Giucélia.

A petista afirmou que o convite foi uma demonstração do reconhecimento do trabalho que ela desenvolveu como gestora na Superintendência Federal da Agricultura na Paraíba (SFA-PB), como coordenadora nacional das superintendências (ambos os cargos no Governo Lula), e, mais recentemente, como secretária de Estado.

“Este convite é fruto do reconhecimento de uma trajetória profissional pautada na ética e na honestidade”, declarou Giucélia, acrescentando que a ministra Inary Lopes compreendeu e aceitou as suas alegações. “Mesmo assim, me coloquei á disposição dela para contribuir, no âmbito do Estado da Paraíba, para a implantação de políticas públicas destinadas às mulheres”, acrescentou Giucélia.

 

Correio da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.