PDT cobra reunião com Damião e avisa que não seguirá a reboque

Os vereadores Geraldo Amorim e Raoni Mendes, além do deputado estadual Manoel Ludgério, protocolaram junto ao gabinete do deputado federal Damião Feliciano, presidente estadual do PDT paraibano, um pedido formal de audiência com o dirigente. Isso porque esgotaram-se os pedidos verbais para uma conversa. Hoje, em entrevista ao Parlamentopb, Amorim adiantou que a insatisfação dos detentores de mandato fez com que eles se reunissem e deliberassem por informar aos dirigentes partidários que a forma de decidir os rumos políticos da legenda tem que mudar:

"Nós sofremos um golpe quando Damásio Neto foi anunciado como presidente municipal do PDT. Estávamos esperando uma eleição e vimos essa manobra. Agora, queremos deixar claro que qualquer decisão tem que passar por nós. Não vamos mais seguir a reboque de quem quer que seja", disse ele.

A decisão já foi comunicada a Chico Franca, ex-presidente estadual e pai do presidente municipal do PDT pessoense. Enquanto isso, Damião Feliciano agendou uma audiência pública hoje na capital, mas não respondeu ao pedido de reunião feito pelos parlamentares de seu partido.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.