Paulino se lança ao Senado e crê em aliança de Ricardo, Zé e Veneziano

O ex-governador da Paraíba Roberto Paulino (PMDB) resolveu colocar seu nome à disposição do partido para também disputar uma vaga no Senado Federal. A declaração do peemedebista foi confirmada na tarde de hoje, durante entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM.

Já confiante na disputa, Roberto disse que se efetivar a candidatura entrará para vencer. Para Paulino, a sua candidatura servirá como uma espécie de tira teima das eleições de 2002. Na ocasião, o peemedebista chegou a disputar o segundo turno, mas perdeu para o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), por uma pequena diferença de votos.

“Em 2002 eu tinha apenas 3% de intenção de voto nas pesquisas e cheguei até o segundo turno e acredito que agora também conseguirei reverter os quadros e alcançar o senador”, destacou.

Relembrando a coligação firmada em 2002 e 2006, Paulino ainda ressaltou que torne pela continuação do mesmo grupo com José Maranhão, Ricardo Coutinho e Veneziano Vital também em 2010.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.