Patrimônio da União cede imóvel implantar Delegacia de Homicídio

O Patrimônio da União na Paraíba formalizou hoje um contrato de cessão de uso para o Governo do Estado de um imóvel na av. Coronel Estevam Dávila Lins, em Cruz das Armas, onde funcionará a Delegacia de Homicídios e a Delegacia de Entorpecentes. O imóvel possui 25 salas que serão utilizadas para o funcionamento das delegacias.

 O contrato de cessão foi assinado pelo superintendente do Patrimônio da Paraíba, Welison Silveira, e o governador Ricardo Coutinho, no Palácio da Redenção. O governador agradeceu a cessão de uso do imóvel por parte do Patrimônio da União e recomendou ao secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Claudio Lima, uma reforma urgente para que as delegacias especializadas comecem a funcionar com a estrutura adequada para o combate aos homicídios e também para a problemática das drogas.
 
Welison Silveira informou que o imóvel pertencia ao DNER e foi incorporado ao Patrimônio da União há quase dois anos. Ele ressaltou que o Patrimônio da União na Paraíba cumpre a função de dar um caráter social aos órgãos federais e está firmando parcerias com o Governo do Estado para a cessão de outros prédios.

 O secretário de Segurança do Estado, Claudio Lima, ressaltou que a delegacia de homicídio e de intorpecentes funcionam atualmente em pequenas salas na Central de Polícia e como o novo espaço será possível dotar de uma melhor infra-estrutura para que o pessoal atue no combate ao crime. Ele destacou a importância da descentralização das delegacias para combater os homicídios e o tráfico de drogas que são os principais problemas e desafios na área da segurança.    

 Além do governador Ricardo Coutinho, do superintendente Welison Silveira e do secretário de Segurança Claudio Lima, participaram da reunião o delegado Geral da Polícia Civil, Severiano Nascimento Filho e o deputado federal Damião Feliciano (PDT).  

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.