Parlacrem realiza primeira sessão ordinária no dia 8

A primeira sessão ordinária do Parlamento Comum da Região Metropolitana de João Pessoa (Parlacrem-PB) acontece às 9h30 do dia 8 de julho, numa quarta-feira, no Auditório da Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado da Paraíba (Fecomercio). O primeiro tema em pauta será a problemática da falta de segurança que atinge os habitantes dos onze municípios da Região Metropolitana de João Pessoa e o Auditório da Federação do Comércio está localizado no quinto andar do edifício-sede da Fecomercio, à Rua desembargador Souto Maior, 291, no Centro de João Pessoa.

O secretário da Segurança e Defesa Social do estado, Gustavo Gominho, e o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, tenente-coronel Marcos Antônio Jácome de Carvalho, já confirmaram presenças. Todos os delegados da Polícia Civil da Grande João Pessoa e representantes da Polícia Federal no estado também estão sendo convidados.

“João Pessoa e mais dez cidades polarizadas pela Capital paraibana vivem um momento histórico para o estado da Paraíba”, ressalta o vereador pessoense Tavinho Santos (PTB), presidente do Parlacrem. O ‘Parlamento Metropolitano’, uma iniciativa de Tavinho, foi criado e instalado no dia 5 de junho deste ano, quando o Teatro Santa Roza, na Capital, recebeu prefeitos, vereadores e secretários dos municípios que compõem o Parlacrem para prestigiar a cerimônia do evento.

Na solenidade, o vereador Tavinho tomou posse como o primeiro presidente do Parlacrem, composto por parlamentares representantes dos municípios de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Mamanguape, Rio Tinto, Alhandra e Pitimbu.

O Parlacrem, além de ter como objetivo a criação de núcleos de desenvolvimento em cada município, aproveitando ao máximo as potencialidades de cada um deles, é o grande fórum de discussões permanentes em todas as áreas que propiciem o bem-estar da população desses onze municípios – que somam aproximadamente uma população de 1,2 milhão de habitantes –, como políticas públicas nas áreas de educação, saúde, infra-estrutura, turismo, habitação e segurança.

“Estamos contribuindo para a construção de um projeto sócio-econômico para o estado com obras e ações que beneficiem a população. O objetivo é mudarmos as práticas políticas”, garante Tavinho, ressaltando que o Parlacrem luta junto com os prefeitos e secretários para trazer mais investimentos para os municípios.

A Comissão Executiva do Parlacrem tem um mandato de dois anos, sendo proibida a reeleição dos seus membros para o mesmo cargo. Ela é incumbida dos trabalhos deliberativos e dos serviços administrativos do Colégio de Comissões e do Colegiado Pleno. São membros titulares os seguintes vereadores: Tavinho Santos (PTB), de João Pessoa, presidente; Ednaldo Pereira (PR), de Santa Rita, primeiro-vice-presidente; Mizael Martinho (DEM) – Fofinho, de Bayeux, segundo-vice-presidente; José Muniz (PSDC), do Conde, primeiro-secretário; Rivaldo Júnior (PR), de Cruz do Espírito Santo, segundo-secretário; Manoel Ferreira (DEM), de Alhandra, primeiro-tesoureiro; e Marquinhos Frazão (PSB), de Mamanguape, segundo-tesoureiro.

Já o Conselho Fiscal é constituído por três membros: Ricardo Félix (PT), de Cabedelo; Irmão Elias (PSB), de Lucena; e Marlysson Costa (PSDB), de Cruz do Espírito Santo; e seus respectivos suplentes: Otávio Bernardino (PPS) e Edson Silva (PHS) – Edinho, de Santa Rita, e José Eraldo (PSB) – Lico, de Bayeux.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.