Paraibana ganha Prata em prêmio de empreendedorismo feminino

Uma festa em homenagem ao empreendedorismo feminino, marcada pela emoção e sentimento de vitória. Assim foi o evento de entrega do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, realizado na noite de ontem, na sede da instituição, em Brasília. Uma das representantes da Paraíba, a empresária Joseane Muniz, da cidade de Campina Grande, levou o grande prêmio troféu prata. Os dois principais prêmios da noite foram para Patrícia Paz Silva, de Vilhena (RO), e Maria de Fátima Santana, da cidade de Tamboril (CE). A premiação conta com a parceria da Associação de Mulheres de Negócios Profissionais do Brasil (BPW-Brasil), Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Joseane encantou os jurados por sua história vitoriosa onde teve que enfrentar descrença e preconceito dentro de sua própria família para construir o sonho de ter seu próprio negócio. Mesmo com a falta de apoio, enfrentou só todas as dificuldades e conseguiu respeito em uma área que é de domínio masculino, o setor de mecânica de automóveis. Hoje, a Eletricar Baterias é uma empresa de referência na Paraíba e a história da mulher e empresária um exemplo de como perseguir objetivos e trabalhar com foco. “A todas as mulheres digo que não desistam. Enfrente, lute, sua vitória chegará”, afirmou.

Além da paraibana Joseane, outras seis mulheres também foram reconhecidas. São elas: Cláudia Regina Marcon Thomé, da Começo de Vida, de Concórdia (SC); Silvia Lobato, da Boobambu Academia da Criança, de Brasília (DF); Terezinha Santana da Silva, presidente da Associação dos Moradores e Produtores Rurais da Estrada do Amapá (Amprea), Rio Branco (AC); Deolinda Cavalcante Saraiva, da Pousada D’Amoras, Conservatória (RJ); Lydia Maria Fugnati Fedrigo, presidente do Instituto Eurobase de Londrina (PR); e Rosana Sanjuliano, presidente da Nossa Cooperarte, de São Paulo (SP).

Outra paraibana de destaque na premiação foi Márcia Gondim, da Adesmaf, com um trabalho à frente de uma associação de cultivo de flores que integra outras mulheres e a comunidade local da cidade de Areia, localizada no Brejo paraibano. Márcia ganhou o troféu bronze na categoria Negócios Coletivos. 

As duas grande vencedoras do troféu ouro foram agraciadas com uma viagem internacional para conhecer centros de referências em modelos de gestão. Patrícia e Maria de Fátima também vão participar de seminário sobre gestão, em São Paulo, promovido pela FNQ. Elas integravam o grupo de 17 finalistas, sendo sete da categoria Negócios Coletivos e dez da categoria Pequenos Negócios.

Reconhecimento

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios vem crescendo a cada ano e se consolidando no cenário nacional, destacou Luiz Barretto, presidente da instituição. “Foram mais de 3 mil mulheres inscritas nessa edição”, destacou. Ele também ressaltou o fato de as mulheres serem responsáveis pela renda de grande parte das famílias brasileiras. “O Sebrae tem trabalhado com a questão de gênero, procurando valorizá-las”, enfatizou.

A ministra Iriny Lopes, da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres (SPM) da Presidência da República, também participou do evento. “Os objetivos comuns que temos com o Sebrae são em torno da autonomia da mulher. Estamos analisando novas parcerias para ampliar a capacidade produtiva da mulher e a presença feminina no desenvolvimento econômico do país”, ressaltou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.