Paraíba tem disputa entre “hippie” e “Super Mario”

Quem chega a João Pessoa e se depara com parte da propaganda política dos candidatos ao governo da Paraíba pode imaginar que a disputa do segundo turno se dá entre um hippie e o Super Mario, personagem do videogame.

O hippie, no caso, é o candidato Ricardo Coutinho (PSB), ex-prefeito de João Pessoa. Adesivos com a caricatura do candidato, que aparece vestindo camisa laranja e segurando um grande girassol (símbolo de sua campanha), são encontrados nos carros de muitos eleitores.

Segundo o coordenador-geral da campanha do pessebista, Nonato Bandeira, o girassol é adotado por Coutinho desde a sua primeira disputa para a Prefeitura de João Pessoa, em 2004.

"É uma planta que capta as energias positivas em torno do sol e mistura com as cores do partido, o amarelo e o vermelho, que nós fundimos e virou laranja [cor que é o outro símbolo da campanha de Coutinho]", contou Bandeira.

A imagem hippie de Coutinho fica ainda mais evidente com o discurso "paz e amor" empregado na sua propaganda de TV, onde ele promete "unir a Paraíba e acabar com as brigas" e disputas políticas que prejudicam o Estado.

"É uma imagem de construção, porque as campanhas na Paraíba têm sido muito acirradas", diz o coordenador. "O Ricardo se propôs a acabar com picuinhas e olhar para o futuro", completou.

Já a campanha de José Maranhão (PMDB), que tenta a reeleição, aproveitou a baixa estatura e o bigode do candidato, além da cor vermelha que o simboliza nestas eleições, para transformá-lo no Super Mário paraibano.

Nos adesivos, que também enfeitam principalmente os carros de seus eleitores, sua caricatura aparece segurando uma bandeira com seu nome e o número 15, em uma das mãos, e uma colher de pedreiro, na outra –uma referência à fama de tocador de obras.

Detalhe: o personagem Super Mario do videogame é encanador.

"Ele [Maranhão] é baixinho, tem uma barriga acentuada e um bigode volumoso. Portanto, há uma certa semelhança entre ele e o personagem", diz o coordenador-geral da campanha peemedebista, deputado federal eleito Wellington Roberto (PR).

Roberto não soube informar quantos adesivos foram produzidos, mas afirmou que o brinde fez muito sucesso durante a campanha. De acordo com ele, a ideia foi tentar aproximar Maranhão, que tem 75 anos e há 50 milita na política paraibana, dos eleitores mais jovens e, principalmente, das crianças "que muitas vezes mudam a decisão dos pais".

 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.